sábado, 12 de março de 2011

Coisas estranhas e perturbadoras I

 Todos nós conhecemos o filme de animação "Shrek". Podemos nunca o ter visto, mas sabemos que se trata de uma história de amor entre um ogre e uma humana, que mais tarde fica ogre para a eternidade e por aí adiante.
 Nunca achei grande piada ao filme, nem aos personagens e muito menos à história. O porquê não é para aqui chamado porque não é essa a grande questão.
 O que se torna estranho e perturbador neste filme é que existe um burro falante (e acreditem que o raio do bicho é chato até dizer chega) que se apaixona por uma dragoa (?), dragona (?), dragão fêmea ou o que vocês quiserem chamar à pobre da bicharoca. E estas duas espécies distintas caem de amor uma pela outra e chegam mesmo a aderir ao lema "E viveram felizes e juntinhos para sempre!".
 Ora vamos lá entender o meu ponto de vista: eles são animais de espécies diferentes (e nem preciso de referir que os seres cuspidores de fogo até aos dias de hoje não passaram de um mito e o vão continuar a ser, mas também que o único dragão que existe é um lagarto gigante e só é dragão de nomenclatura) e apaixonam-se! Pobres animaizinhos, isso é anti natura! E agora pensando racionalmente, porque raio iria uma senhora "dragona" de colossal porte cair perdida de amores por um jumento minúsculo que faz "i-ó"? Das duas uma: ou o amor existe mesmo ou então a bicharoca é privada de massa cinzenta. Eu estou mais convencida da segunda hipótese.
 Avançaremos agora para a parte mais interessante da relação destes dois bichinhos: eles têm uma carrada de filhotes que são estranhos e perturbadores até dizer chega, pois são uma mistela de ambos com um resultado deveras arrasador: burro voador que cospe fogo. O medo!
 E agora pergunto-vos eu:
COMO RAIO CONSEGUIU O BURRO COM AQUELE TAMANHO DIMINUTO FAZER SEXO COM A BICHAROCA COLOSSAL?
Alguém me consegue explicar isso?


P.S- Estou só a precaver os pais, que meteram os miúdos a ver a saga do Shrek , para abordarem profundamente a questão. Não vá o diabo tecê-las e os vossos infantes que possam ser detentores de um QI mais elevado que o normal vos abordarem com essa brilhante questão.
 Depois não digam que eu não sou amiga!

7 comentários:

Carlos Jorge disse...

Estás com medo que as criancinhas passem a ter pancada por "dragonas"? XD Olha que eu conheço muitas que não se iam importar LOL!

M. disse...

Não estragies as fantasias...dos burros:)

Do tamanhão: nunca ouvista falar da teoria sobre os anões e o seu respectivo?


E com amor...Tudo se consegue:)

Vanz disse...

Carlitos sobre isso já falamos no msn :)

M. foi só para tentar tirar esta comichão que estava por trás da orelha. :) e sim, já tinha, mas penso que não se aplique neste caso, a não ser que seja um burro anão ahah
"all we need is love!" ****

Olívia Palito disse...

O que eu me ri come este post!! Fantástico!
Excelente conclusão (questão) essa do burrito com a "dragona"!! ;) ;)

Beijo*

Vanz disse...

Obrigado Olívia!
***

pink poison disse...

Eu sei mas não digo... tinha que te matar a seguir ihihih

Vanz disse...

Opa não é justo. Compartilha comigo! :(
Prefiro isso do que viver na ignorância! ahah xD ***