segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

1 # Carta para o meu melhor amigo

 Olá meu maninho!
 Como estás?
 Eu, por cá, estou sem vontade de "fazer nenhum" e tenho tanta coisa para fazer. É esta chuva que me torna tão molenga e preguiçosa mas confesso, adoro estar enrolada num cobertor a ouvir a chuva cair. Lazy me!
 Isto foi só e apenas mais uma maneira de dizer "Carlitos gosto muito de ti!" e agradecer por te ter na minha vida e por todos os momentos que passamos juntos desde o primeiro dia que começamos a falar. (Abençoada ESA e turma de Artes! A turma nem tanto, mas tu percebeste.)
 És o tipo de pessoas que só existe um num milhão. És um bom amigo, um bom ouvinte, um bom conselheiro e um tótó de primeira. Sim, tótó, estás a ler bem! Sempre que estive menos bem (ou até mesmo na fossa) tinhas qualquer coisa na manga para me fazer rir (BOOBIIIIEEEESSS!) e para me animar. *Passamos tão bons momentos juntos!*
 Tens muito valor para mim, és mais que minha família, és o meu maninho querido a quem eu quero bem e espero que faças sempre parte da minha vida, juntamente com a malta toda (obviamente) e continuarmos a rir e a partilhar tudo pela vida fora.
 E no meio de tanta lamechice despeço-me com um beijinho bem grande (assim mais ou menos do teu tamanho! ahah) :
Luv,
V*

4 comentários:

CoisasDaGaja disse...

Vi pureza e naturalidade em todas as letras!:)

Gostei tanto....

Beijo****

Vanz disse...

Obrigado! Foi do fundo do coração! :) ***

Carlos Jorge disse...

Maninha! <3

Não sei por que é que não há aqui nenhum comentário meu, mas isso é que não pode ser. >:(

Eu estou bem! Mas isso já tu sabes, não é? :P Eu também gosto muito de mim, sou uma pessoa fantástica! Eu sei... XDD

Queraçona! <3 Sabes que te adoro mais do que tudo nesta vida, és a minha cúmplice e o Sol que ilumina a minha vida (e que não se pode, como se deve olhar de frente; coisas boas não são para passarem despercebidas!). Não sei o que seria de mim sem ti, mas acho que nem quero pensar. XDD

Abençoados os tempos que nos juntaram, ainda que com as suas adversidades. Mas, felizmente, superámos essas mesquinhices todas e, tendo passado a marca dos 7 anos, acho que se pode dizer que estamos safos. :D A nós ninguém nos separa! x)

Eu sei que sou totó. :C Mas tu gostas!~ E as minhas mãozinhas também gostam muito das tuas... pontinhas do cabelo. Claro. XD Quem ler isto vai ficar com ideias, mas não fique, que a mana é comprometida e não há cá incestos para ninguém. XD

A malta toda, bom. Já sabemos como é, né? x) Mas felizmente ainda cá estamos os dois, e cheira-me que há-de ser até ao fim. Há-de o mundo acabar e sermos nós os dois os últimos à face da Terra, agarrados à bela da garrafinha de vodka preta, a festejar a End of the World party como gente como deve ser. :D Uóooo! XD Mas vá, não vamos testar o destino, que isso costuma dar mau resultado. XD On the other hand, o universo está-nos a dever um fim do mundo em condições, por isso coise! >:C

No meio de tanta lamechice minha e tua despeço-me com uma lambidela na face diagonal, mas só aqui, que a conversa ainda continua noutros sítios. Pelo menos até ires dormir. XD Adeus amoure!~ <3 :3

Carlos Jorge disse...

E sim, eu sei que o comentário só veio quase 2 anos depois, e tu já nem usas o blog, mas o que conta é a intenção! XDDD